18/07/2012

Resenha - O Fantasma da Ópera


Nome: O Fantasma da Ópera
No Original: Le Fontôme de L'OPéra
Autor (a): Gaston Leroux
Páginas: 336
Editora: LP&M
Comprar: Submarino - Siciliano - Saraiva - Cultura
Sinopse: Somente a música e o amor são imortais. Que aterrorizante segredo esconde-se nos subterrâneos da Ópera de Paris? Que mistério atormenta um dos mais majestosos palácios dedicados à arte na capital francesa? Uma das histórias de terror e amor mais famosas do século XX, O fantasma da Ópera combina romance e suspense para narrar o triângulo amoroso entre a linda e talentosa cantora lírica Christine Daaé, o frágil e apaixonado visconde Raoul de Chagny e o sinistro e obcecado gênio da música que habita os porões do teatro. Com contornos de relato histórico, a narrativa conduz o leitor pelos labirintos da Ópera e do coração humano, revelando o que há de mais obscuro em ambos.

Segundo livro que recebo através da parceria com a LP&M e não podia ter escolhido melhor. Um clássico conhecido por todos que vergonhosamente eu só tinha ouvido falar superficialmente. A princípio estava receosa sobre a história por causa do que conta o epílogo, mas logo nos primeiros capítulos a narrativa instigante de Gaston Leroux carrega o leitor para uma história repleta de mistérios em um cenário único.

Conheça a Ópera de Paris e as encantadoras noites onde são representadas as mais famosas peças. Corre o boato que tudo de ruim que acontece na Ópera é obra de um fantasma. Quando um dos maquinistas é encontrado enforcado todas as bailarinas ficam alvoroçadas. A ordem é para que parem com a fofoca, pois essa triste notícia não pode chegar ao ouvido dos diretores. A noite marca a despedida deles e nada pode perturbar o sossego do evento. Após uma apresentação espetacular o jovem visconde de Chagny não resiste em ir atrás da estrela da noite Christine Daaé. A bela fica atordoada ao ver o antigo amigo e o expulsa do camarim. Raoul não entende sua reação e fica pasmo ao ouvir do corredor Christine conversando com um homem, mais do que ciúmes, o espanto do visconde se dá porque ele a deixou sozinha no cômodo que tem apenas uma porta. Intrigado Raoul começa a investigar e apesar da relutância de Christine os dois se aproximam.

A partir daí a trama se desenvolve repleta de suspense e mistérios. De maneira surpreendente o autor intercala a história de Christine e Raoul com pequenas pausas onde narra tramas menores que ligam tudo ao personagem central: o fantasma da Ópera. O autor utiliza vários recursos narrativos para contar sua história e dessa maneira deixa tudo muito interessante. Algumas partes são tão bem descritas e narradas que a história parece verídica. Enquanto os dois diretores lutam para descobrir quem vem "brincando" com eles Raoul luta para que Christine conte a verdade sobre o que a mantém afastada dele. O mais interessante é ter consciência de que é tudo obra do fantasma, mas ainda sem saber o que ou quem é o tal personagem. O tempo todo o autor age com cuidado para não levar o leitor a crer nem em uma coisa e nem em outra. Ora humano, ora sobrenatural. Um mistério que vai até o final do livro.

É um enredo engenhoso e intricado coroado com um personagem fantástico. O "fantasma" ganha novas dimensões a medida que vamos conhecendo a persona por trás do nome e é tudo tão surreal, tão criativo que fiquei impressionada. O fantasma é ora louco, ora passional, triste, monstruoso, solitário e raivoso. Um misto de sentimentos muito bem amarrados. Mesmo juntando as pistas que iam ficando nas duas tramas não consegui decifrar o mistério. Outro personagem interessante e onipresente é o Persa, personagem esse que só consegui entender no último capítulo. Não é atoa que o livro de Gaston Leroux é um dos mais adaptados da história. Misturando investigação, com romance e mistério ele construiu uma obra única, com ritmo e traços muito diferentes do que era visto naquela época.

Leitura rápida, daquelas que você só consegue parar quando tem a solução final em suas mãos. Construída com minucia, de detalhes a diálogos ricos o livro é um clássico que devia ser lido por todos. A edição da LP&M está ótima e gostei da escolha da capa, a tão famosa meia máscara. Recomendo para os que gostam de um romance mais profundo e também para os que gostam de um bom mistério, cheio de suspense e de cenário maravilhoso. Um ótimo começo para quem quer começar a ler clássicos, repleto de elementos atemporais que vai conquistar você independente do gênero de que você gosta. Leiam! Até mais!

23 comentários:

  1. Puxa, eu já faz bastante que eu li O Fantasma da Ópera e me lembro que na época eu havia gostado, porém eu não gostei do modo da narrativa... Achei um pouco confusa demais, difícil demais de acompanhar. Bem, quem sabe se eu ler de novo eu compreenda melhor a história. Mas o enredo em si é fascinante e o fantasma foi um personagem muito bem construído.

    Bjos!

    Mundo Silencioso http://silentmyworld.blogspot.com.br/
    @BlogMSilencioso

    ResponderExcluir
  2. Vi o filme mais recente de 2004 e amei! Nem vi que eles iam lançar de novo se não já tinha comprado. Adorei sua resenha e apesar de ficar um pouco assim com essa posibilidade de mistério quero muito ler. Fiquei curiosa para saber se é muito diferente do filme, todo mundo sempre fala que é. =) Muito boa resenha.

    ResponderExcluir
  3. Vou adc , preciso ler mais clássicos, e esse é interessante. Eu não sei das adaptações no cinema, mas lembro que quando era criança assistia as vezes na tv o filme. 336 páginas em um pocket acho que dá pra ler até rápido neh?!
    Adorei a resenha, parabéns.

    ResponderExcluir
  4. Já ouvi muito falar dessa história e tal com os musicais, mas quando ia ler acabou passando e era na escola ainda. Agora com essa edição quem sabe leia, sempre fui curiosa para saber do fantasma e nem o filme mais novo tive a chance de assistir. Adorei sua resenha e a forma que falou do livro. Ótima resenha! Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Ainda não tive a oportunidade de ler O fantasma da Ópera, apenas sei da estória superficialmente - muito superficialmente. Tenho a absoluta certeza que o livro seria uma ótima para que eu possa adquirir o habito e o gosto por ler clássicos. Ele vai para a minha wishlist, quando puder ele vem pra casa.

    ResponderExcluir
  6. O livro parece ser bastante interessante, e eu já vi o filme, acho que inteiro. Eu fico mei oreceosa de ler um livro que já vi o filme, mas fiz isso com Orgulho e Preconceito e gostei do livro. Quem sabe, se eu tiver oportunidade, eu leia.
    maravilhosomundodetinta.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oii, mais uma vez gostei da sua resenha, isso ta ficando clichê :p, mas é sério. Ainda não conhecia esse livro, mas me interessei muito por ele, isso por causa do que li na resenha, no que diz a respeito da narrativa e do tema da história, ainda mais que é um livro viciante! A capa também ficou muito bonita.

    Abraços
    http://entrepaginasdelivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Gostei muito da sua resenha! Já vi o filme, a versão mais nova com o Gerard Butler, e achei a história muito bonita. Nunca tinha pensado em ler o livro, mas a sua resenha me deixou bastante curiosa, pois esse filme acho que ficou mais no romance do que no mistério... A capa realmente ficou perfeita!

    ResponderExcluir
  9. Adorei seu blog! Achei enquanto procurava resenha de 'O rei do inverno' e amei! Bom eu não vi filme, nem teatro, nem nada desse livro, mas na escola já teve peça dele, apesar de não ter participado fiquei com vontade de conhecer mais. Muito boa sua resenha e espero ler em breve. Abraços!
    ps. Eu achei a capa sombria :x

    ResponderExcluir
  10. Olá! Nossa, eu amo o filme dessa história, aquele musical. Muito lindas as canções. Quase não vejo vendendo esse livro, boa dica de leitura. Lerei um dia.

    abraços,
    Luciana
    http://folhasdesonhos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Tenho muita vontade de ler este clássico, pois se o musical é tão lindo imagino como deve ser o livro. Realmente deve ser uma ótima leitura!

    Beijos,

    Paula

    http://tri-books.com

    @Tri_Books

    ResponderExcluir
  12. É inútil dizer que preciso ler mais clássicos, mas eu preciso mesmo. Esse aí já tá na minha lista a alguns anos. E o filme de 2004 é demais, gostei muito dele.

    ResponderExcluir
  13. Já ouvi boas críticas dele, e é um livro que está na minha lista de desejados, faz tempo, estou louca para lê-lo!

    Ótima resenha, como sempre ^^


    Bjs, Laila.

    ResponderExcluir
  14. Li uma edição antiga desse livro e gostei muito tb. Amei essa capa. Linda demais. Bjksss

    ResponderExcluir
  15. Ainda não tinha ouvido falar desse livro, mais parece ser uma boa leitura.
    Gostei da resenha.

    ResponderExcluir
  16. Fiz um post sobre esse livro no meu blog e acabei descobrindo muita gente que detestou a história. Não entendo, pois eu simplesmente adorei esse livro. Foi muito melhor do que eu esperava a partir do que conhecia das adaptações. Mas senti tanto ódio desse Fantasma hahaha Não to no time dos que sentem pena dele, não mesmo.

    ResponderExcluir
  17. Como eu nunca tinha visto esse filme, resolvi ler o livro. E gostei muito! Principalmente do cenário.. aprendi mais sobre as óperas, rs. E quando eu estava lendo, tinha hora que eu ficava com medo das coisas que o fantasma fazia .-.

    Doces Sapatos de Veludo

    ResponderExcluir
  18. Já vi os dois filmes (o 2º é mais legal), o musical...amo essa história!!! Mas nunca li o livro...buááá

    ResponderExcluir
  19. Adoro clássicos, e me envergonho de não ter lido esse ainda, ainda mais pq gosto muito de ópera. A história é realmente incrível, bem profundo e detalhista como os clássicos são.

    ResponderExcluir
  20. O Fantasma da Ópera é um dos poucos clássicos que eu realmente sinto vontade de ler. Não aquela coisa de vou ler porque dizem que é bom...
    Aquela curiosidade imensa em conhecer a história e ver como foi escrita. Ver os detalhes, as descrições de cenários e personagens.

    Já vi um filme e adorei, então tenho certeza que irei amar.

    Thais Vianna
    @dathais

    ResponderExcluir
  21. Eu assisti a três filmes diferentes sobre O fantasma da Ópera, mas ainda não li o livro. Se os filmes já me encantaram imagino que vou amar o livro. Gostei muito da sua resenha.

    ResponderExcluir
  22. O Fantasma da Ópera é o meu livro preferido,o único ponto negativo é a narração que eu achei um pouco confusa de acompanha.Também vir o filme(2004) e amei a adaptação e as músicas(além deles terem mudado bastante a estória)é muito bom esse livro.ADOREI a sua resenha!

    Abraços!

    Vinicius Alves-Fortaleza das Letras-

    http://fortalezadasletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  23. Eu sou completamente apaixonada por esta história, tanto pelo filme quanto pelo musical (bem, o filme também é musical, mas você entendeu). Agora preciso ler o livro! O Fantasma é um personagem genial, e apesar de saber o que ele é (ou acho que sei), quero ler o livro.

    Clara
    @mmundodetinta
    maravilhosomundodetinta.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Respeito é bom e eu gosto.
Não use palavras grosseiras, seja educado.
O blog é um lugar amigável, aja de acordo.