13/01/2017

Resenha - Recomeços


Nome: Recomeços
No Original: Twisted
Autor (a): K.A. Robinson
Tradutor (a): Ryta Vinagre
Páginas: 320
Editora: Fábrica 231
Comprar: Submarino - Amazon - Saraiva - Cultura
Sinopse: No segundo livro da série Torn, que faz parte da coleção Curti, voltada para quem não abre mão de uma boa história romântica com final feliz, Chloe Richards tem que encarar um difícil reencontro com sua mãe, com quem sempre teve uma relação complicada, e superar muitas dificuldades para manter o relacionamento com Drake Allen, o charmoso vocalista de uma banda de rock que ela conheceu em seu primeiro dia na universidade. Depois de Cicatrizes, K.A. Robinson põe sua protagonista frente a frente com o passado, o que inclui não só um acerto de contas com Andrea Richards, mas também um antigo namorado que vai ajudar Chloe nessa missão, despertando o ciúme de Drake. E o casal mais uma vez vai precisar contornar uma série de mal-entendidos para, enfim, seguir em frente e recomeçar.

Não tem jeito, sou bastante aficionada por new adult e desde o começo dos lançamentos do gênero aqui no Brasil que era ansiosa para ver a série da autora K.A. Robinson sair por aqui. Torn é uma daquelas séries que se arrisca mais e por isso mesmo que neste segundo livro o que parecia o paraíso logo se transforma. Recomeços dá continuidade a história de Chloe e Drake, se você ainda não conhece a série seja bem-vindo, conheça e comece!

Chloe estava em paz com Drake quando sua mãe resolve aparecer de surpresa com notícias sobre sua tia. A mãe dela nunca fez nada além de atormentá-la e usar drogas, por isso Chole desconfia que há algo mais. A tia dela está morrendo de câncer e aparentemente só vai deixar parte da herança para sua mãe se ela a levasse de volta. Chloe estava planejando seguir com a turnê da banda de Drake, mas diante do pedido da tia ela vai visitá-la. Sem ver o primo Danny e o amigo Jordan há muito tempo Chloe está arrasada de ter de voltar apenas por causa ambição da mãe. Para piorar o clima Drake cisma com Jordan no momento que o vê e dando mais forma a tempestade que se forma o último pedido da tia torna tudo ainda mais complicado. Chloe sabe que ciúmes é a última coisa que uma relação precisa, mas nada parece convencer Drake. Do outro lado Drake sabe muito bem que o jeito que Jordan olha para Chloe está longe de ser amizade e é pior ainda do que desejo. Se não conseguir escapar do ciúme, da influência alheia e de sua imaginação que teima em ver Chloe o deixando por Jordan Drake acabará de volta a velhos e perigosos hábitos. Lidando com a morte da tia, o ciúme de Drake e as loucuras de sua mãe Chloe precisará de força e paciência para sobreviver a tudo sem perder a felicidade que tanto demorou a conquistar.

Esse é o ponto de partida de Recomeços, que com uma narração fluída e ambientação vívida nos conduz pela história da primeira grande tempestade de Chloe e Drake alternando o ponto de vista de ambos enquanto eles enfrentam demônios externos e internos. A autora consegue ir além do drama dos ciúmes para contar essa segunda fase da história de seus protagonistas, deixando claro para o leitor que o difícil nem sempre é se entender, nem sempre é aquele começo de relacionamento. Robinson conduz o leitor e mostra que o difícil é superar cicatrizes antigas, deixar o passado onde ele pertence e confiar de verdade, apesar das pessoas torcendo contra pelo caminho.

A leitura é rápida e instigante, ambos os protagonistas conquistam o leitor no primeiro livro e nessa continuação deixam todos com o coração apertado. K.A. Robinson conta uma história simples, de amor e confiança, e principalmente de recuperação. Mostrando que pessoas quebradas e complicadas também podem ter felicidade. A edição da Fábrica 231 está perfeita, com uma bela capa e super bem caprichada. Recomendo a leitura da série para todos que gostam de um bom new-adult e uma bela história de amor, atual e difícil, simples e complicada. Leiam e se surpreendam! Até mais!

Torn - K.A. Robinson
1- Cicatrizes
2- Recomeços
3- Tainted
4- Toxic
5- Tamed

Acompanhe a editora Rocco:

0 comentários:

Postar um comentário

Respeito é bom e eu gosto.
Não use palavras grosseiras, seja educado.
O blog é um lugar amigável, aja de acordo.