13/07/2012

Novidades e Lançamentos #80

Olá! Apesar da dor de cabeça terrível e desanimante que estou decidi postar as novidades hoje. Deixei acumular algumas para não fazer uma postagem de uma ou duas só. Hoje temos Record, Rocco, Companhia das Letras, Paralela, Suma de Letras, iD, Bertrand Brasil, Verus, Intrínseca, Quadrinhos na Companhia, LP&M e Universo dos Livros. Bastante coisa e olha que ainda está faltando coisa. Até o fim do mês acredito que terão mais novidades, com a Bienal chegando as editoras estão em polvorosa. Vamos as novidades, mais lançamentos do que novidades: 

Afinidade - Sarah Waters - 378 páginas - Lançamento: Agosto
No auge da era vitoriana, Margaret Prior é uma jovem solteira e rica que, transtornada com a morte do pai, tenta pôr fim à própria vida. Para ajudá-la a enfrentar esse momento difícil, o médico da família recomenda que ela se volte para algo que possa distraí-la dos problemas ao seu redor. Ela então decide levar algum conforto às detentas da Penitenciária de Millbank. Rodeada por assassinas e ladras, ela se torna próxima de Selina Dawes, uma médium que cumpre pena por fraude e roubo. Margaret logo embarca em uma jornada repleta de encantos, sombras e fantasmas – tudo em nome da paixão recémdescoberta.  
As Horas Distantes - Kate Morton - 640 páginas - Lançamento: Agosto
Tão logo começou a ler a carta, Meredith Baker soltou um horrível grito sufocado, que foi seguido rapidamente por uma série de soluços ásperos. Edie Burchill parou o que estava fazendo, mas, ao se aproximar da mãe, esta ficou rígida e agiu como se nada de importante houvesse acabado de acontecer. A carta havia chegado momentos antes. Descobriria mais tarde que se tratava de uma missiva perdida há mais de 50 anos, que finalmente chegava ao destino. No verso, a assinatura de Juniper Blythe e um endereço pomposo: Castelo Milderhurst, Kent. Depois de se recuperar do susto e de minimizar a importância da carta, Meredith começou a contar a Edie que havia conhecido Juniper Blythe durante a Segunda Guerra, quando foi obrigada a abandonar a família. Naquele dia, ela e os irmãos foram reunidos na escola, conduzidos à estação ferroviária e colocados em vagões de trens. Ao chegarem a Cranbrook, foram separados em grupos e conduzidos a um salão, onde mulheres aguardavam a sua chegada com um sorriso fixo no rosto. As crianças eram escolhidas por essas mulheres. Meredith fora escolhida por uma jovem de 17 anos, que ao entrar no salão pareceu ter mexido com a atmosfera do lugar. A jovem chamava-se Juniper Blythe, era a caçula de três irmãs, filha de Raymond Blythe, um autor renomado, que ficou famoso especialmente após escrever a história do Homem Lama. As irmãs mais velhas de Juniper eram as gêmeas Saffy e Percy. Mais que isso, Edie não conseguiu arrancar da mãe. Movida por enorme curiosidade, ela passa então a procurar respostas para os enigmas que envolveram a juventude da mãe, especialmente a parte vivida junto das irmãs Blythe, mais especificamente de Juniper, a autora da carta.

Não Conte Para A Mamãe - Toni Maguire - 303 páginas - Lançamento: Agosto
A frase que dá título ao livro de Toni Maguire, Não conte para a mamãe, poderia ser uma pacto ingênuo entre dois irmãos ou uma brincadeira entre crianças. Infelizmente, não é o caso. Na verdade, é a ameaça sofrida pela autora durante os quase dez anos em que foi violentada pelo próprio pai. Não conte para a mamãe. Nesse livro surpreendente, Toni Maguire conta como foi molestada pelo próprio pai, engravidando aos 14 anos. Para piorar, quando pediu ajuda à mãe, ouviu que era invenção da cabeça dela e que nunca mais tocasse no assunto.
Tons de Sedução - Várias Autoras - 416 páginas - Lançamento: 06 de agosto
Reúne contos das quatro maiores autoras do romance erótico contemporâneo. Quem é fã da Irmandade da Adaga Negra não pode perder essas histórias de paixões arrebatadoras e criaturas fantásticas. Em um só livro, Sherrilyn Kenyon, J. R. Ward, Susan Squires e Dianna Love revelam aventuras eletrizantes. Vampiros apaixonados que lutam pela sobrevivência da espécie, bruxas sensuais e perigosas e um clã de lobisomens para lá de especial surpreendem a cada virada de página. Uma coletânea irresistível!

Razão e Sentimento - Jane Austen - 400 páginas - Lançamento: 23 de julho
Entre a fortuna e o amor. Após a repentina morte do marido, a sra. Dashwood se vê sozinha com três jovens filhas, Elinor, Marianne e Margaret. Como se a tristeza já não fosse o bastante, elas precisam encontrar um lugarpara morar, pois a propriedade da família fora herdada pelo meio-irmão delas. Em meio a este turbilhão, Elinor e Marianne, as irmãs mais velhas, estão às voltas com aquilo que poderia lhes assegurar um futuro melhor: um bom casamento. Elinor, sensatamente, estima e gosta de um homem que só cresce aos seus olhos quando descobre por que ele não pode se casar com ela. Já Marianne, seguindo seu coração, se apaixona perdidamente por um homem de caráter duvidoso. Razão e sentimento é o primeiro grande romance de Jane Austen e também seu primeiro livro publicado.  
A Corrida de Escorpião - Maggie Stiefvater - 378 páginas - Lançamento: 24 de agosto
A cada novembro, os cavalos d'água emergem do oceano e galopam na areia sob os penhascos de Thisby. E, a cada novembro, os homens capturam esses cavalos para uma corrida eletrizante e mortal. Alguns cavaleiros sobrevivem. Outros, não. Aos 19 anos, Sean Kendrick já foi quatro vezes campeão. Ele é um jovem de poucas palavras e, se tem medos, guarda-os bem escondidos, onde ninguém possa vê-los. Puck Connolly é uma novata nas Corridas de Escorpião. Ela nunca quis participar da competição, mas o destino não lhe deu muita escolha. Sean e Puck vão competir neste ano, e ambos têm mais a ganhar - ou a perder - do que jamais pensaram. Mas apenas um deles pode vencer.

Numbers: O Caos - Rachel Ward - 431 páginas - Lançamento: Agosto
Como sua mãe antes dele, Adam vê números – datas de mortes nos olhos das pessoas. Já é difícil o bastante ter que viver com esse terrível dom, mas a vida está prestes a ficar ainda mais dura... Adam vê que todos ao seu redor têm a mesma data: 1º de janeiro de 2027. Algo muito grande vai acontecer. Algo ruim. Mas o que é? E o que ele pode fazer a respeito? Segundo livro da trilogia que já é sucesso em vários países.
O Diário de Tati - Heloisa Périssé - 132 páginas - Lançamento: 10 de agosto
Heloísa Perissé revela os segredos, medos e alegrias da adolescência num livro divertido e terno, onde conta as paixões, medos, alegrias e desilusões de Tati, uma adolescente rebelde e divertidíssima. A vida de Tati é um festival de perguntas sem respostas: Por que sou obrigada a fazer tudo que não gosto? Por que tenho que acordar com despertador? Por que não posso comer tudo o quero sem ficar enorme de gorda? Por que tenho que ter espinhas? Por que tenho que passar pela adolescência? Para agüentar tanta pressão, só mesmo contando tudo para alguém confiável que não vá depois detonar você com a galera.

O Instinto de Morte - Jed Rubenfeld - 400 páginas - Lançamento: 17 de julho
Tendo como pano de fundo um dos grandes mistérios da história americana - o atentado à bomba que pôs abaixo Wall Street em 1920, o livro é a volta de Jed Rubenfeld ao universo literário de A Interpretação de um Assassinato, romance que o consagrou mundialmente. O instinto de morte contém todos os elementos do melhor thriller policial, mas também a recriação histórica acurada e a percepção sombria e densa da mente humana, que fizeram de seu livro anterior um best-seller internacional. Costurando ficção e realidade, psicanálise e suspense, o autor coloca Sigmund Freud e Marie Curie no cerne de uma trama de consequências devastadoras, conforme um quarteto de heróis tão improváveis quanto ambíguos tenta resolver seus conflitos pessoais e desvendar um dos maiores e mais incompreensíveis ataques terroristas já vividos em solo americano.
Habibi - Craig Thompson - 672 páginas - Lançamento: 01 de agosto
Uma história de amor pode tomar muitas formas. Habibi, é a saga de dois escravos fugitivos, unidos e separados pelo destino, vivendo no limite que separa a tradição da descoberta. Dodola, uma garota perspicaz e independente, foge de seus captores levando consigo um bebê. Eles crescem juntos no deserto, sozinhos em um navio naufragado na areia. Em meio a sentimentos cada vez mais conflitantes, os dois passam o tempo contando histórias. Assim, somos apresentados também à origem do islamismo e de suas tradições, conforme as narrativas se combinam numa trama de aventura, romance, filosofia e tragédia. Para contar a saga de Dodola e Zam, Craig Thompson recorreu ao Corão e às Mil e uma noites. Do primeiro, colheu o próprio estilo do livro, inspirado na caligrafia árabe, e também as narrativas do texto sagrado dos muçulmanos, recriadas com maestria pela pena do autor. Do segundo, tirou um cenário fantasioso, repleto de lendas e histórias, uma versão quase mitológica da nossa ideia de Oriente. Ambientado nos dias de hoje, Habibi não se passa em nenhum país conhecido. É uma terra igualmente fantástica e concreta, onde questões presentes se misturam a indagações ancestrais. Crítica social, questionamentos ecológicos, paralelos entre religião e amor: tudo encontra seu lugar nesta narrativa tão épica quanto particular. Fruto de sete anos de pesquisas e trabalho, Habibi é um monumento do quadrinho moderno e uma resposta atual a questões que nos perseguem desde sempre.

Os Invisíveis - Stef Penney - 384 páginas - Lançamento: 20 de julho
Quando Rose se casou com o atraente Ivo Janko, integrante de uma família de ciganos nômades, muitos se perguntaram o que os dois tinham em comum. Rose é quieta e tímida. Ivo é taciturno, porém carismático. Depois que ela desapareceu, boatos diziam que ela fugira por causa de um filho que nasceu com o problema genético da família. Mas o pai de Rose, Leon, não tem tanta certeza disso. Ele quer saber a verdade e contrata um detetive particular para descobri-la. É aí que entra Ray Lovell, um detetive que, embora pouco renomado, tem a vantagem de ser descendente de ciganos. Lovell concorda em pegar o caso. No entanto, sete anos após o desaparecimento de Rose, ele teme que tenha se passado tempo demais. Além disso, sua investigação é dificultada pelas únicas pessoas que poderiam ajudá-lo - a família Janko. Trata-se de um clã fechado, e a última coisa que desejam é um estranho se metendo em seus assuntos particulares.
O Diabo na Água Benta - Robert Darnton - 608 páginas - Lançamento: 27 de julho
A calúnia, a difamação e a maledicência floresceram como nunca na França do século XVIII. Antes da Revolução, publicações anônimas, denominadas libelos, desafiavam a censura ao combater o despotismo crescente do governo, cada vez mais distante do homem comum. Ante o risco de passarem o resto de seus dias nas celas da Bastilha, os criadores desse submundo literário se refugiaram em diferentes capitais europeias. Em Londres, estabeleceu-se uma verdadeira linha de produção incluindo escritores, livreiros e distribuidores que recorriam a caminhos tortuosos pelos quais os libelos chegavam ao continente, onde eram consumidos por um público ávido por ter acesso às intrigas e à imoralidade que reinava nos subterrâneos do poder. O diabo na água benta, um dos libelos mais corrosivos da época, é uma narrativa irônica do labirinto em que se perderam os agentes franceses que atravessaram o Canal da Mancha e se infiltraram nos becos londrinos dispostos a desmontar a indústria editorial que ameaçava os fundamentos da monarquia. Embora tivessem sucesso em intimidar um ou outro autor ou em suprimir algumas tiragens, os policiais eram geralmente ludibriados, e muitos se venderam, passaram a fazer jogo duplo e contribuíram para a multiplicação das denúncias que, segundo Robert Darnton, tiveram um papel nada desprezível na mobilização popular que desencadeou a Revolução. A partir de um trabalho de pesquisa de erudição invejável, Darnton nos revela uma literatura pouco conhecida, de importância histórica indiscutível, precursora do jornalismo investigativo - e também do sensacionalista - dos nossos dias.

E ai? Gostaram dos lançamentos? Gostei muito de saber que a Rocco vai lançar mais um livro da Kate Morton e também gostei de saber da continuação de Numbers. Esse "Não Conte Para A Mamãe" parece interessante, mas não consigo ler esse tipo de livro. É muito triste e principalmente revoltante, frustrante e qualquer outro adjetivo que você imaginar. Não tenho coragem de ler e saber que nunca ninguém faz nada até que seja tarde demais. Enfim. Esse lançamento da Paralela ("O Instinto de Morte") parece interessante apesar da sinopse não deixar nada muito claro. O da Intrínseca também, apesar de que preferia a capa em tom azulado. O da Maggie Stiefvater parece bom também e fico imaginando se vai virar série. Outro coisa: será que os novos livros da autora vão ser todos publicados pela Verus? Por enquanto é isso gente. Estou com dor de cabeça o dia inteiro, mas continuo trabalhando em algumas novidades aqui para o blog e em algumas colunas que estão paradas. Aguardem e espero que os comentários voltem, porque desde quarta a coisa diminuiu de ritmo. Até mais!

15 comentários:

  1. Dentre os lançamentos que mais me chmaram a atenção foram O Instinto de Morte e Habibi, os outros parecem ser bons, mas os que mais me chamaram a atenção foram estes.

    ResponderExcluir
  2. Quantos lançamentos de uma só vez, fico até perdido kk. Quero muito ler Numbers O Caos. Gostei da capa de Tons de sedução.

    Abraços
    http://entrepaginasdelivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Numbers, O Caos parece ser bem legal, assim como Invisíveis e A Corrida de Escorpião.
    Vou esperar ansioso os lançamentos e rezar para o preço estar bem legal.

    ResponderExcluir
  4. Ah! Que bom vai sair Numbers 2! Estou doida com essa trilogia tem um tempão, mas nunca saia ele. Esse Afinidade e esse As Horas Distantes faz o tipo de livro que estou começando a gostar de ler. Você tem os dois da Kate Morton não tem? Podia resenhar eles logo assim decido se compro... Esse Invisíveis também parece bom. Vamos ver tem bastante coisa boa, mas to ficando sem tempo de ler e pior sem dindin. O Submarino não faz mais aquelas promoçoes de cupons de 15% mais 10% de boleto e tal. Ótimo post! Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Adorei "A Corrida do escorpião", a Maggie é um excelente autora e até que enfim vai sair mais livro dela. Numbers é uma trilogia que quero ler, mas nunca acho livros da iD com preços bons. Esse "Invisíveis" parece bom. O da Bertrand também chamou minha atenção, mas é como você comentou: pesado demais para mim. =x

    ResponderExcluir
  6. Gostei de vários lançamentos, pena que eu não consigo acompanhar esse ritmo, tenho um monte de livros aqui em casa para ler e mais um milhão que desejo comprar rs
    Bjos

    ResponderExcluir
  7. Gostei da capa de "Afinidade", e da sinopse de "As horas distantes".

    Bons lançamentos ^^

    Bjs, Laila *o*

    ResponderExcluir
  8. Tinha visto a capa de Não Conte Para a Mamãe no facebook e só a sinopse do livro já me revoltou, mas diferente de você, eu fiquei com vontade de ler o livro, o que não significa que eu vá de fato lê-lo. GENTE, O Diário de Tati?????? HAHA isso era uma série da Globo, né? Também já tinha visto a continuação de Numbers e eu lembrei o quanto eu já quis ler o primeiro livro; já até desisti hahaha

    ResponderExcluir
  9. Bons lançamentos!
    Ah, Yasmin, a editora Universo dos Livros, a pedido dos leitores, decidiu voltar atras e lançar o livro da J.R. Ward com o título* e capa provisória. Foram muitas reclamações, de que essa capa e titulo foram uma copia mal feita de 50 tons de cinza... rs

    P.S.: Mistérios Noturnos*

    http://www.facebook.com/photo.php?fbid=430360843674951&set=a.151997744844597.32193.138038516240520&type=3&theater

    ResponderExcluir
  10. Quero esse novo livro da Maggie Stiefvater. Outros eu que ler a resenha.
    Gostei de todos. E melhoras para você. :D

    ResponderExcluir
  11. Desses o que mais me interessou foi o Invisíveis. Concordo com o que você falou sobre o Não Conte Para Mamãe.
    A capa de Tons de Sedução realmente ficou muito parecida com o Cinquenta Tons de Cinza, inclusive acho que a fonte é a mesma! Fico imaginando se o título e a capa originais também são...

    ResponderExcluir
  12. Nossa Não Conte Para A Mamãe, é um livro bem forte. Mas eu gosto muito de ler sobre relatos verdadeiros. Estou bastante curiosa com Numbers: O Caos. Quanto a Cinquenta Tons de Cinza, tb estou querendo conferir. Amei as novidades. Bjkss

    ResponderExcluir
  13. Alguns lançamentos interessantes, outros nem tanto. O primeiro, último e único livro que li da Jane Austen foi Orgulho e Preconceito, e gostaria de ler outro livro. Tomara que algum dia eu consiga. Acho que Não Conte Para A Mamãe seria pesado, e essa de Tons de Sedução além de ter capa, tema tem até título parecida com a de outro...
    maravilhosomundodetinta.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Quero ler Não Conte para mamãe, mas fico assim, deve ser um choque esse livro por seus relatos.

    ResponderExcluir

Respeito é bom e eu gosto.
Não use palavras grosseiras, seja educado.
O blog é um lugar amigável, aja de acordo.