06/03/2014

Resenha - Ladrão de Almas


Nome: Ladrão de Almas
No Original: Forbidden
Autor (a): Jana Oliver
Tradutor (a): Santiago Nazarian
Páginas: 352
Editora: Farol
Comprar: Travessa - Siciliano - Saraiva - Cultura
Sinopse: Nessa esperada continuação da série, Riley está com sérios problemas. Após a desastrosa batalha no Tabernacle, alguns apanhadores estão feridos, e outros, mortos. Simon, seu namorado, está entre os feridos, e o corpo de seu amado pai foi roubado. Riley sabe que está no centro das atenções do Inferno, um poderoso demônio de Nível Cinco a está perseguindo, e sua sorte não irá durar para sempre...

Quando a editora lançou o primeiro livro da série fiquei interessada tanto por não conhecer a série quanto pelo gênero. Fantasia urbana geralmente é carregada de romance e foi ótimo conhecer uma série do gênero voltado para o público jovem adulto. Com menos romance e mais ação a série criada por Jana Oliver surpreende o leitor desde o começo, mas nesse segundo livro a autora vai além das expectativas, com uma trama ágil e reviravoltas que deixarão o leitor sem reação.

Pouco tempo se passou desde o grande ataque sofrido pelos apanhadores, mas Riley não tem tempo para se entregar ao luto ou gastar tempo se recuperando. Os apanhadores estão desfalcados, as ruas de Atlanta estão cheias de demônios, que a cada dia agem de forma mais estranha e para piorar um demônio nível 5 deixou claro que está atrás de Riley. Mas ela não quer pensar nisso, Riley quer encontrar seu pai, que foi ilegalmente reanimado e agora está sob o controle de algum reanimador. Mort, um dos necromantes que tentou convencê-la a ceder seu pai agora a ajuda em busca de respostas. O pai de Riley possui muito conhecimento sobre demônios e esse conhecimento é perigoso nas mãos erradas. Os reanimadores estão em alvoroço para saber quem foi e tudo que Riley consegue descobrir é que foi alguém de extremo poder e extremamente conhecedor de magia negra. Mas esses não são os únicos problemas de Riley. Simon se recupera depois de sua quase morte e do acordo que Riley fez com o céu, mas está estranho e cismado. Acredita que Riley ou seu pai quebrou o círculo expondo os apanhadores a uma carnificina. E as acusações de Simon podem ser perigosas agora que o prefeito resolveu pedir ajuda ao Vaticano e aos temidos Caçadores de Demônios. Quando uma sequência de acontecimentos e traições é posta em movimento Riley se verá no meio de uma rede de segredos e mistérios envolvendo a família Blackthorne.

É a partir desse ponto que a trama se desenrola, sempre em um ritmo forte, encaixando acontecimentos e alternando entre os pontos de vista de Riley e Beck. Oliver continua a construção de seu universo, revelando novas facetas e aprofundando o leitor nas nuances da trama. À medida que Riley descobre algumas respostas e segredos o leitor começa a ter uma visão maior da trama. Desde o começo a autora instiga o leitor com entrelinhas cheias de ambiguidade e insinuações que ao longo da história se confirmam. As descrições continuam sendo parte importante da trama, levando o leitor pelo submundo de uma cidade decadente e sombria, com elementos próprios e bem marcados.

Uma das coisas que mais gostei no livro anterior se faz presente novamente: a construção dos personagens. Riley não é uma heroína comum, cheia de habilidades e boa sorte como a maioria das protagonistas do gênero jovem adulto. Riley comente erros, é maldosa ao mesmo tempo que é ingênua, consegue ser inteligente e burra. Riley é realista e passa muita humanidade em seus atos, e essa conexão com a realidade é um dos traços que mais gosto na escrita de Oliver. Beck, que divide a narração com Riley também é ótimo. Mais velho do que Riley, cabeça dura e com mais camadas que imaginamos, consegue ser sensível, triste e forte ao mesmo tempo. O modo como a relação dos dois acontece cheia de farpas e ao mesmo tempo com algo mais que os une é perfeito.

O fim foi uma reviravolta construída pouco a pouco com perspicácia e deixa o leitor ansioso pelo próximo volume. Com ação e segredos revelados Jana Oliver acertou na dose, com pontas respondidas e muitas novas perguntas. A leitura é rápida e instigante. A edição da Farol está muito boa, desde a capa até a tradução. Só continuo achando estranho a falta de orelhas na série. Recomendado a todos que procuram uma série jovem adulta mais sombria, com trama inovadora, personagens realistas, cativantes e com relações mais humanas. Uma fantasia urbana perfeita para quem quer conhecer o gênero. Leiam e se surpreendam com o universo criado pela autora. Até mais!

Apanhadores de Demônios - Jana Oliver
1- A Filha do Apanhador de Demônios
2- Ladrão de Almas
3- Forgiven
4- Foretold

6 comentários:

  1. Ei! Estou ansiosa para comprar esse dois, comprei o primeiro na Bienal faz um tempo já faz um tempo que estou querendo ler, amei a resenha mais uma vez, só de ler já da para ver que vou amar, gosto de paranormal urbano então amei tudo o que disse do clima. Amei a resenha, abraços!

    ResponderExcluir
  2. Oi! Lindo seu blog, achei por causa de uma resenha e adorei o conteúdo. Não conheço muito essa série, o que mais gostei foi o tema, to sempre procurando uma série que parece com Instrumentos Mortais e até hoje não achei, essa parece muito boa.

    Beijos! Vou tentar acompanhar o blog!
    Camis

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Sou uma das administradoras do blog Leitoras de Chocolate, e no mês que vem agente faz um ano.
    Agente acha que por já ter quase um ano, ele deveria ter evoluido mais.
    Séria de muita ajuda pra gente se você desse uma olhadinha nesse post http://leitorasdechocolate.blogspot.com/2014/02/tag-blogagem-coletiva.html e ver o que acha da nossa ideia.

    Atenciosamente,
    Catrine - Leitoras de Chocolate

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Sou uma das administradoras do blog Leitoras de Chocolate, e no mês que vem agente faz um ano.
    Agente acha que por já ter quase um ano, ele deveria ter evoluido mais.
    Séria de muita ajuda pra gente se você desse uma olhadinha nesse post http://leitorasdechocolate.blogspot.com/2014/02/tag-blogagem-coletiva.html e ver o que acha da nossa ideia.

    Atenciosamente,
    Catrine - Leitoras de Chocolate

    ResponderExcluir
  5. Já li o primeiro e amei, Riley é uma das minhas personagens favoritas e estava tensa de ler a resenha, mas amei cada palavra que disse, só me deixou mais curiosa, já é a segunda pessoa que vejo falar que o livro, o fim é de tirar o sossego, adorei a resenha, perfeita e to super ansiosa para ler. Bjo!

    ResponderExcluir
  6. A série parece ótima, e a protagonista também, o jeito que você fala da história me deixou muito curiosa, não leio muito paranormal urbano e esse parece um dos melhores dele, vou ver se leio o 1º antes que os próximos saiam, bem legal a resenha. Bjo para ti!

    ResponderExcluir

Respeito é bom e eu gosto.
Não use palavras grosseiras, seja educado.
O blog é um lugar amigável, aja de acordo.