04/10/2013

Resenha - Trevas


Nome: Trevas
No Original: Darke
Autor (a): Angie Sage
Tradutor (a): Waldéa Barcellos
Páginas: 584
Editora: Rocco
Comprar: Submarino - Siciliano - Saraiva - Cultura
Sinopse: No sexto volume da série Septimus Heap, que consquistou milhões de leitores em todo o mundo, o maléfico Merrin Meredith criou um Domínio das Trevas. Ele ameaça destruir o Castelo e seus ocupantes de uma vez por todas, e certamente conseguiria realizar seu objetivo se não fosse pela intervenção de Septimus Heap. Só que o desafio é grande demais para o jovem, que precisa da ajuda dos amigos e até do irmão problemático, Simon, para enfrentar as armadilhas tenebrosas colocadas em seu caminho. Com o humor característico de Angie Sage e mais sombrio que os livros anteriores da série, Trevas comprova a habilidade crescente da autora em conquistar e aprisionar o interesse dos leitores.

Quando vi o sexto livro na lista de lançamentos e prestei atenção da sua sinopse não imaginei que ele seria tão diferente de seus antecessores. Reunindo as melhores características dos livros anteriores Angie Sage confirma de várias maneiras que sua história cresceu. Com um tom mais sombrio e uma trama mais densa a sexta história de Septimus Heap é a confirmação de que a série é uma das melhores da atualidade e não apenas passatempo.

A noite mais longa do ano está chegando e também o aniversário de catorze anos de Septimus e Jenna. Todos no castelo estão tensos com a chegada da data e na Torre dos Magos o clima é semelhante visto que a semana das Trevas do Aprendiz Sênior também se aproxima. Todo Aprendiz tem de passar por essa semana de contato com as Trevas e desde que Alther foi banido acidentalmente Septimus não tira da cabeça que precisa resgatá-lo. Para isso vai usar sua semana das Trevas. Mas as coisas ficam complicadas quando Jenna e Besouro ao investigar o estranho vulto sombrio que assola a escada de acesso ao sótão descobrem Merrin Meredith enfraquecido e tramando liberar um Domínio das Trevas em todo o castelo. Suas Coisas estão fortes e ele não se sente bem, mas usando Simon Heap conseguirá liberar o domínio e extirpar de vez todos que roubaram sua vida. Septimus, Jenna, Marcellus Pye e Simon mal têm tempo de pensar em como combater. O domínio de espalha, prendendo as pessoas em um estado de estupor que pode ser fatal e não deixa outra alternativa para Septimus a não ser trabalhar com Simon e Marcellus em busca de uma resposta. Em fuga Septimus sabe que precisa enfrentar Merrin antes que as Trevas levem todos a morte ou a algo pior e quando o plano de resgatar Alther não funciona completamente tanto aprendiz quando maga precisarão no momento derradeiro confiar em pessoas improváveis e usar toda mágya que conhecem para salvar o castelo da desolação do Domínio das Trevas, que nem mesmo seu criador, Merrin, consegue controlar.

Essa é a premissa desse fantástico sexto volume. Angie Sage supera todas as expectativas e nos apresenta uma história sombria, tensa e ricamente construída. Mergulhando nos conceitos e elementos da organização mágyka do mundo da série a autora com uma habilidade fantástica constrói uma trama fascinante através do lado negro da história. A narrativa segue o mesmo tom fluido e perspicaz, mas ganha força ao explorar um lado sombrio e complexo não só do mundo como de seus personagens. Com um ritmo forte a autora surpreende com uma prosa rica em arranjos que apresentam com profundidade a mágya e suas faces, que enriquecem a história já apresentada em outros livros, amarrando pontas, desconstruindo personagens e fascinando o leitor com uma criatividade sem tamanho, cenas vívidas e rumos fantásticos para a história.

A forma que a autora amadureceu os personagens centrais e usa o desenrolar da série em favor das relações entre eles é perfeita. Já gostava muito da série, mas estou realmente surpresa com a habilidade e a destreza de Angie Sage. Unindo velhos personagens, enriquecendo suas personalidades e apresentando novos personagens a autora consegue uma história sem pontas soltas e com rumos imprevisíveis. Até as páginas finais o clima sombrio e sufocante permeia as ações instigando o leitor e encerrando com ótimas cenas. Foi ótimo ver a harmonia entre Septimus e o restante dos personagens, mas o melhor foi a cena dele com o dragão Cospe-Fogo. Os comentários do narrador sobre o momento coroam a cena, deixando o leitor com um sorriso no rosto, mas ciente da tensão do momento. O fim é o prenúncio que o verdadeiro fim está chegando, e já bate uma saudade do mundo e de todos.

Leitura rápida e deliciosa, com momentos de tensão pontuados de comentários pontuais e um desenrolar fantástico. A série criada por Angie Sage entra para a lista de séries mais criativas, inventivas e surpreendentes que já li. A cada livro a história ganha mais contornos, mais profundidade e conquista mais o leitor. Um nó no coração saber que já está chegando ao fim. A edição da Rocco está ótima, fonte boa e tradução que mantém o tom da autora. Repito que a cada nova história tenho mais e mais certeza de que os livros renderiam uma série de filmes espetaculares. Recomendado a todos! Uma série juvenil que vai conquistar até os que não gostam do gênero. Ação, tramas ricas e criativas, ótimos personagens e um mundo fascinante. Leiam! Até mais!

Septimus Heap - Angie Sage
1- Magya
2- Voar
3- Viajar no Tempo
4- A Pedra da Demanda
5- Syrena
6- Trevas
7- Fyre

11 comentários:

  1. Adoro quando suas resenhas tem esse tom de super empolgação e lendo as resenhas essa semana a cada livro novo dessa série a empolgação aumentava e me deixou morrendo de curiosidade! Preciso ler a série toda e logo, muito curiosa sobre o mundo e magia, adoro séries com esse tema e que conseguem ser criativas. Ótima resenha como sempre e beijos!

    ResponderExcluir
  2. Essa série deve ser maravilhosa, e pela sua resenha a autora mostrou o crescimento dos personagens. Estou louca para lê-la.

    ResponderExcluir
  3. Lendo as resenhas que postou essa semana e adorando! Faz muito tempo que procuro uma série juvenil boa mesmo que não é nada parecida com nada e pelo visto achei! To curiosa com o que disse do Septimus e dos comentários na narração. As capas são lindas demais. Amei a resenha, bjo para ti!

    ResponderExcluir
  4. É tão gostoso gostoso de ler uma série assim, um livro atrás do outro. Bom pra ver a evolução da história e como vai mudando, melhorando e deixando tudo cada vez mais irresistível. Dá mesmo um aperto no peito só de pensar que está acabando. A gente até se acostuma com aquela trama na cabeça todo dia não é? Agora é esperar e torcer para um grande fim.

    ResponderExcluir
  5. Adorei ler todas as resenhas uma perto da outra e a resenha deste me deixou muito curiosa para ler todos e assim juntos, ele parece mais adulto e o que fala da história ter ficado mais complexa me agrada muito, adorei a cor da capa e vou torcer para comprar logo. Adorei a resenha! Bjo!

    ResponderExcluir
  6. Amei conhecer a série nessa semana de resenhas e uma pena que não comprei todos que estavam na promoção, acho que a história desse é a melhor de todas pelo que você disse, você fala tão bem da série que me deixou super curiosa, os livros são lindos e a história parece linda. Adorei! Abs!

    ResponderExcluir
  7. Poxa, quanto mais te vejo comentar sobre essa série... mais vontade de lê-la eu tenho. Como a Maria Laura disse, você fala tão bem, que até contagia a gente. Hahaha. Achei bacana o fato de a autora amadurecer os personagens ao longo dos seis (até então) livros. Isso mostra que a autora soube desenvolver bem a história; afinal de contas, ninguém merece ler algo, aonde nada muda... transformações são necessárias em todo tipo de trama. Gostei muito da resenha! Beijocas.

    ResponderExcluir
  8. Nossa você já está quase acabando a série.....Isso pode ser triste ou muito bom né :D
    Adorei a resenha (preciso começar a ler a série logo)

    Beijo

    ResponderExcluir
  9. Estou encantada com essa série. A casa resenha que leio estou com mais e mais vontade de ler. Vou esperar pelo último livro e depois adquirir a série toda para poder ler. amei sua resenha.

    ResponderExcluir
  10. Ae, outro volume.
    Impressionante como essa série parece ser brilhante. Se o nível consegue se manter no máximo, realmente vale a pena. A maioria piora no decorrer dos volumes, mas pelo visto, essa é uma série que mantém o nível.

    ResponderExcluir
  11. Oi!
    Que bom que este livro, apesar de ser uma série longa, te surpreendeu e isso só me estimula a ler essa série e esperarei pelo último para que assim começar e ter a certeza que teve o final que merecia.
    bjs

    ResponderExcluir

Respeito é bom e eu gosto.
Não use palavras grosseiras, seja educado.
O blog é um lugar amigável, aja de acordo.