05/07/2013

Resenha - A Descoberta das Bruxas


Nome: A Descoberta das Bruxas
No Original: A Descovery of Witches
Autor (a): Deborah Harkness
Tradutor (a): Márcia Frazão
Páginas: 640
Editora: Rocco
Comprar: Submarino - Siciliano - Saraiva - Cultura
Sinopse: A respeitada pesquisadora Diana Bishop passou a vida tentando negar a sua verdadeira identidade. Filha única de pais bruxos, ela se torna órfã aos sete anos e passa a rejeitar as suas habilidades mágicas, determinada a se parecer o máximo possível com os humanos. Quando descobre acidentalmente um misterioso manuscrito escondido há séculos, Diana traz à tona um mundo sobrenatural aterrador, com uma horda de demônios, vampiros e bruxas. O manuscrito, redigido pelo alquimista Elias Ashmole, é encontrado por Diana na biblioteca em que pesquisa. Ao tocar o livro, ela sente uma atração irresistível por ele, algo poderosamente mágico, que a faz levá-lo para casa. O que ela não imagina é que o manuscrito é procurado há anos, e cobiçado por seres que ultrapassam a esfera humana, como demônios e vampiros. Um dos interessados na obra do alquimista é Matthew Clairmont, um geneticista com paixão por Darwin. Charmoso e misterioso, apesar da aparência jovem, Matthew vaga pela Terra há mais de 1.500 anos. O vampiro se aproxima de Diana, despertando nela uma forte desconfiança de que, por trás de todo o seu galanteio, se esconda apenas o interesse em obter o livro. Os motivos de sua busca pelo exemplar não são revelados, mas o afeto dele pela poderosa bruxa não demora muito a ficar claro. Diana, relutante em assumir sua natureza de bruxa, também resiste a admitir seus sentimentos pelo vampiro. O casal, no entanto, não demora a se formar.  A partir daí, a aventura de Diana por 1.500 anos de histórias está apenas começando.

Desde que me deparei com o livro de Deborah Harkness no catálogo da Rocco que fiquei com vontade de ler. Irresistíveis 640 páginas e uma promessa de conteúdo histórico fantástico. Porém a parte vampiro sempre me deteve e quando comprei o livro acabei deixando-o na estante por muito tempo. Hoje vejo que foi mais tempo do que ele merecia. Com a chegada do segundo livro acabara tirando o livro da estante e hoje vejo como fui tola. A história de Deborah Harkness é tão madura e linear que chega a ser desconcertante. É outro nível.

Tudo começa quando Diana Bishop, uma respeitada historiadora solicita uma pilha de manuscritos na Bodleiana a famosa biblioteca de Oxford que abriga os manuscritos de Ashmole. Diana é uma historiadora conceituada que estava em Oxford para completar sua pesquisa sobre alquimia. Assim que teve contato com o Ashmole 782 soube que não era apenas um manuscrito antiquíssimo sobre o tratado alquímico. O manuscrito exalava um poder sobrenatural forte difícil de ignorar. Mesmo incomodada com a situação resolve analisá-lo encontrando um conteúdo confuso com um texto oculto por trás das letras. Oculto por um feitiço. Ao devolver o Ashmole 782 para a estante Diana sentiu um leve tremor, uma vontade de voltar atrás ao sair da Bodleiana. No dia seguinte por causa de uma preguiça boba foi pega por um vampiro devolvendo um livro usando um pequeno feitiço. Matthew Clairmont era irritantemente bonito e altivo. O vampiro a convida para jantar, mas Diana só quer sumir dali. A partir desse encontro os dois seguem se reencontrando pela cidade e ela nota um ar de tensão na biblioteca, que a cada dia que passa está mais cheia de demônios, bruxas e vampiros. Recebendo pressão dos três lados Diana se sente ameaçada, mas não quer se envolver com magia. Enquanto isso Matthew sente que seu interesse pelo manuscrito é menor que a necessidade de proteger Diana. E contra todas as regras os dois se aliam nessa busca perigosa por respostas.

A premissa básica é essa e digo isso porque o livro é um complexo sistema de tramas fascinante. Dizer que Deborah Harkness é uma autora de escrita fluida e rica seria pouco. Com uma habilidade desconcertante a autora cria um universo maduro diferente de tudo o que já li. Uma fantasia histórica seria o termo mais adequado para descrever a história. Personagens bem construídos, uma trama intrincada e recheada de elementos históricos. Harkness sem dúvida fez uma extensa e fantástica pesquisa para compor o livro. É impressionante a forma harmoniosa com que liga a trama à história real. É possível observar ao pesquisar que não existe furos ou emendas grosseiras, ela casou de forma cuidadosa e respeitosa história a ficção.

Contando ainda com belas e precisas descrições pouco a pouco estamos imersos a um mundo rico, repleto de elementos do passado. A evolução da trama é cadenciada, ora com um ritmo mais forte ora com um ritmo mais suave. E a narrativa se alterna entre a primeira e a terceira pessoa. Durante toda a leitura notamos que estamos diante de algo diferente. A divisão entre construção da trama, apresentação da mitologia e informações históricas que compõe os demais é muito precisa, alternando sempre no momento certo. Diana é uma personagem que cresce ao longo da história, revelando-se pouco a pouco uma heroína que cativa o leitor assim como Matthew se prova muito mais interessante e complexo do que o título de vampiro pode deixar passar. Acompanhar os detalhes e mistérios do personagem é sempre imprevisível. É ótimo a cada nova página ver o personagem trazer uma história interessante sobre alguém que conheceu no passado. Os personagens secundários não ficam atrás e estão ligados a trama central num jogo harmonioso, desde Ysabeau, Marthe, Marcus, Baldwin a Sarah e Em.

Outra coisa que vale a pena mencionar é como a autora usou bem diversas obras famosas da alquimia em favor da trama. É louvável a perspicácia de Harkness ao interligar a Aurora Consurgens com o mistério de Diana e Matthew. Uma história que com certeza vale uma boa pesquisa após a leitura. Um quebra-cabeça intrigante escrito por uma autora elegante que nos apresentou um mundo único, de difere de todas as formas possíveis e impossíveis dos demais livros do gênero. O final deixa no ar mil possibilidades e só de pensar no que Harkness vai explorar de história mundial nos próximos dois livros já suspiro.

Leitura agradável e riquíssima que deve ser degustada aos poucos, com atenção e que conquista o leitor a cada nova página. Não me surpreendi ao descobrir que a autora é historiadora. Um livro que sem dúvida merece sua atenção e não relute pelo número de páginas. Garanto que valerá a pena persistir. A edição da Rocco está ótima. Os direitos de adaptação foram adquiridos pela Warner e mal posso esperar para ver a história no cinema. Recomendado a todos! Romance, mistério e muito mais. Diferente de tudo o que há no gênero. Um mundo inteligente e intrincado ao nosso com uma elegância desconcertante. Leiam! Até mais!

All Souls - Deborah Harkness
1- A Descoberta das Bruxas
2- Sombra da Noite
3- Sem Título Ainda

18 comentários:

  1. Adorei! A história parece ótima, amo bruxas, vampiros e afins, mas o preço do livro é bem salgado.
    Mesmo assim espero ter a oportunidade de ler.

    Abraço!
    http://oblogdazoey.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Uau fiquei com vontade de ler depois da resenha. Nunca tinha achado nada demais por ser vampiro e bruxa, mas agora fiquei curiosa com o que disse. Outro nível? Droga, mas uma trilogia para minha lista. Adoro protagonistas fortes e gosto de tramas que misturam história de forma mais real. Achei que não ia ler toda a resenha, mas acabei lendo. Ótima resenha! Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Ei! Adorei a história e o jeito empolgado que falou de tudo. Conseguiu me deixar curiosa com essa animação. Ótimo blog a propósito. Descobri através da resenha. Abraço!

    ResponderExcluir
  4. Eu li esse livro muito rápido, sou apaixonada por ele e não vejo a hora de ler a continuação ♥

    www.resenhasealgomais.com.br

    ResponderExcluir
  5. Minhas amigas literárias sempre falam desse livro e de como ele é bom e agora que li sua resenha estou com muita vontade de ler e ver como se desenrola a história.

    ResponderExcluir
  6. O fato do livro ter uma historiadora como personagem principal já devia ser suficiente para chamar minha atenção HAHA Mas também fiquei interessada por envolver magia e bruxas. A única coisa que me desanima é que é uma trilogia e eu tinha jurado não me meter com trilogias por enquanto. Mas acho que essa eu vou encarar porque to muito curiosa!

    ResponderExcluir
  7. Acho esse livro lindo, mas nunca tinha parado para olhar muito porque é muito caro, mas nossa sua resenha me deixou morta de curiosidade. Adoro livro com bruxas e não sabia que tinha vampiro nele. Se a história é tão perfeita e ajustada a história do mundo deve ser mesmo uma leitura diferente. Grande a resenha, mas muito boa. *=*

    ResponderExcluir
  8. Olá,nossa a história deve ser incrível,ainda mais uma estória com seres sobrenaturais é tudo de bom,é mais divertido,lidamos com situações que não poderia existir realmente,então adorei sua resenha e espero ler esse maravilhoso livro em breve!bjos

    ResponderExcluir
  9. Boa essa trama não é? Estava vendo umas resenhas dele e estão bem boa, essa foi outra. Tem uma história que pelo jeito é bem gostosa de ler e foi bem feito. Queria conferir também!

    ResponderExcluir
  10. Conheci o livro ano passado, mas alguma coisa me impedia de lê-lo. Não mais com essa resenha. Eu geralmente digo que amo livros grandes, mas tudo depende do tema e se vale a pena a leitura, pois quando é aquela coisa que você força e não é o livro que te envolve, então pode ter quantas páginas for que não rola. Acho que pelo fato de ter vampiros mantive um pé atrás, pois não aguento mais essas "sanguessugas" e não leria um livro só para dizer "e além do mais, quem é que ainda aguenta esses seres?" como critica. Mas esse livro parece ser bem instigante, aguardo uma oportunidade de ler :D

    ResponderExcluir
  11. Adoro livros sobre bruxas, é um dos meus temas preferidos. Adorei a capa, a história e acho que vou me apaixonar por esse universo fascinante.

    ResponderExcluir
  12. Não tinha muito interesse no livro porque parecia mais de vampiros, mas vendo sua resenha fiquei muito curiosa, impressionada porque misturar bruxa, vampiro com história? E se você que ama história gostou, outra coisa adoro livros com mitologias de vampiro e bruxas boas, mas é difícil de achar. Vou por na lista de desejados porque é bem caro, adorei a resenha! Beijos!

    ResponderExcluir
  13. Nossa! Eu não imaginava que o livro seria assim, achei que era comum, jovem e tal, mas fiquei com vontade de ler, adoro livros grandes e gostei quando fala que a história tem um tom único, procurando algo que surpreenda msm sabe? Já para lista de desejados, beijo para ti :)

    ResponderExcluir
  14. Já tinha me deparado com esse livro nas muitas navegações em busca de promoções em livrarias online, porém nunca tinha realmente me chamado a atenção a ponto de ler a sinopse... Fiquei conhecendo o livro quando vi num blog que Sombra da Noite era a continuação desse, daí fui dar uma olhada e fiquei bastante interessada!
    Adoro romances históricos, e se colocar um pouco de magia então fica melhor ainda!! O que mais me chamou a atenção na sua resenha foi que é uma história mais madura e sobre a escrita da autora. Fiquei com muita vontade de ler!!
    Ainda não vi esse livro pessoalmente, mas eu não dava nada pela capa de Sombra da Noite e quando vi na livraria achei linda!

    ResponderExcluir
  15. Não imaginei que o livro seria tão bom assim, pelo visto vale a pena, apesar de eu não gostar tanto de vampiros, esse livro parece muito bom! Me interessei.

    ResponderExcluir
  16. Li algumas resenhas sobre esse livro e desde a primeira eu me senti muito inclinada para ler o livro e a cada resenha que leio essa vontade só aumenta. Sua resenha só aumentou meu desejo.

    ResponderExcluir
  17. queria saber se exitem bruxas ainda nessa terra nesse mundo ke nos vivemos ok kkkkkk to estudando lenda reais

    ResponderExcluir
  18. Ana Luísa Frazao30 de junho de 2014 18:34

    ai Rocco, Rocco... sempre me deixando tao pobre!!
    acho que desta vez vou-me ficar por ler na tablet. encontrei o primeiro da saga aqui: http://portugues.free-ebooks.net/ebook/A-Descoberta-das-Bruxas

    alguém sabe onde posso conseguri os outros? obrigada!

    ResponderExcluir

Respeito é bom e eu gosto.
Não use palavras grosseiras, seja educado.
O blog é um lugar amigável, aja de acordo.