22/07/2012

Resenha - Tudo O Que Ela Sempre Quis


Nome: Tudo O Que Ela Sempre Quis
No Original: All She Ever Wanted
Autor (a): Barbara Freethy
Páginas: 320
Editora: Novo Conceito
Comprar: Submarino - Siciliano - Saraiva - Cultura
Sinopse: Ela era a melhor amiga deles, ou assim eles pensavam, até anos mais tarde, quando seus segredos os levam a uma perigosa busca pela verdade sobre quem ela realmente fora... e por que morrera... Dez anos atrás, em uma festa louca, a linda e estonteante Emily caminhava para sua morte, deixando seus três melhores amigos e suas "irmãs" — Natalie, Laura e Madison — devastados. Nenhum deles esquecera aquela noite, ou o papel que cada um teve na morte de Emily, a culpa que os persegue e a perda que ainda sofrem. Agora, um escritor desconhecido entra na lista dos livros mais vendidos com um romance similar à história deles. Quem é ele? Como ele sabe os detalhes íntimos de suas vidas? E por que ele está acusando um deles como assassino? Quando eles começam a desvendar a verdade sobre a amiga em comum, irão redescobrir um amor que ela perdeu há muito tempo e descobrir segredos que vão mudar sua vida para sempre...

Desde que li a sinopse desse livro fiquei curiosa com a história. Parecia um bom romance misturado a um drama investigativo. No final das contas não estava totalmente errada a respeito do livro. A história me surpreendeu pelos personagens e pelas tramas bem intricadas. Utilizando o passado como plano de fundo, Barbara Freethy desconstruiu a história de amizades que terminou de forma trágica por causa de segredos.

Natalie é médica residente em um hospital de São Francisco, falta pouco para ele se tornar médica e nada pode atrapalhar isso. Ou era o que ela pensava até um livro ser publicado. Os nomes foram alterados, mas o cenário é o mesmo. O tão terrível passado, que a machucou está voltando. Menos de um dia depois ela descobre que Madison e Laura estão morando em São Francisco assim como Cole, irmão de Emily. É um pesadelo que ela não estava disposta a se envolver, mas quando Laura lhe conta que no livro a morte de Emily não foi acidental e a culpada no livro seria ela, Natalie resolve que precisa descobrir quem é esse autor. Ler o livro é perturbante, pois muitas partes parecem saídas da boca de Emily. Ela precisa descobrir como ele sabe tanto sobre elas e principalmente, quem ele pensa que é para acusa-la de assassinar a melhor amiga? Um caso desses pode encerrar a carreira médica que ela tanto batalhou e na pior das hipóteses colocá-la atrás das grades. A família de Emily é rica, poderosa e isso não seriam problemas para eles. Contando com a inesperada ajuda de Cole ela tem poucos dias para resolver o mistério.

A partir dessa premissa a trama se desenvolve de maneira equilibrada e surpreendente. A narrativa da autora foca nos personagens, na construção de características que os diferem e os ligam. Destrinchando um passado de segredos Natalie e Cole são conduzidos de volta a época da universidade e a fatídica noite em que Emily caiu da cobertura. Natalie começa a perceber que nem tudo era perfeito entre elas. O livro alterna a visão entre as três amigas e com muita destreza nos conduz a vários caminhos. Voltar ao passado sem bagunçar com o presente não é sempre fácil, mas a autora nos apresenta muito bem o presente de cada personagem antes de mergulhar nas entrelinhas das vidas deles. Por mais que a curiosidade central dos leitores seja o enigma do que realmente aconteceu com Emily naquela noite, o foco do livro é uma análise das relações de amizade e não uma investigação.

O enredo nos faz questionar se nem mesmo uma tragédia foi capaz de apagar a amizade daquele grupo porque eles tinham tantos segredos? O acontecimento os afastou e teria sido assim se o tal livro não tivesse sido lançado. A principal pista e o foco do final acabam provando isso. Pessoas tão diferentes e que ao invés de encarar os segredos preferiram fugirem. A cada diálogo sincero e desabafo que os personagens tinham, uma nova peça do quebra-cabeça era mostrada. Romance, amizades, mágoas, segredos, vingança, presente e passado. Um livro que fala do quão complicado é o significado da palavra amigo e do quanto à situação pode piorar se amor e sexo forem envolvidos na situação.

Leitura rápida, agradável, com uma escrita simples e bem desenvolvida. Um livro que difere por ter uma história que não existiria sem personagens e que consegue ser interessante mesmo sem grandes viradas. A edição da Novo Conceito está ótima como sempre e a fonte torna a leitura mais rápida ainda. Não acredito que o livro possa virar filme, mas daria um bom romance, daqueles que mesclam um pouquinho de drama. Recomendo para quem curte um romance diferente, com pitadas de mistério e para aqueles que gostam de livros com tramas centradas em relações pessoais. Leiam! Até mais!

19 comentários:

  1. É um livro dentro do livro? Eu achei um pouco confuso... Mas acho que leria. Um livro que foi publicado e que parece ter sido escrito pela garota que morreu, e ainda "entrega" a outra garota que provavelmente causou sua morte. Ufa! Ja quero ler.

    ResponderExcluir
  2. O livro parece interessante, só não me agradou o fato de ter sexo metido no meio. Ótima resenha.
    maravilhosomundodetinta.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Olhando apenas para a capa desse livro eu não o compraria, mas a sinopse muda totalmente a minha opinião a respeito do livro, aparentemente o livro parece ser bastante interessante, por causa da pitada de mistério. Estou adorando a vibe "momento leia mistérios", está sendo muito bom. Voltando ao livro, espero ter a oportunidade de conhecer o livro.

    ResponderExcluir
  4. Nem li nada sobre esse livro, pensei que você um chick-lit.
    Parece ser bom, agora fiquei desejando.

    ResponderExcluir
  5. Quando eu olhei a capa pela primeira vez achei que fosse aqueles romances bem meladinhos. Mas adorei ter um suspense na trama. Me deixou ainda mais curiosa para conhecer essa historia. Bjksss

    ResponderExcluir
  6. Eu já tinha me interessado por esse livro, mas não sabia exatamente do que se tratava. Adorei a resenha e fiquei com mais vontade de ler! Tomara que eu consiga ganhar no top comentarista do mês!!! :)

    ResponderExcluir
  7. Eu simplesmente amei esse livro! Conheci ele só quando foi lançado aqui, e fiquei muito curiosa com a sinopse. Corri para ler o livro assim que consegui, e adorei. Teve menos mistério que eu achei que fosse ter, mas mesmo assim eu não consegui descobrir quase nada antes de acontecer.
    Amei os personagens, praticamente todos, e adorei a amizade deles. Também não acho que vire filme, mas ia ser legal. Gostei muito da forma que o livro foi escrito, alternando os personagens, pois nos deu a oportunidade de conhecer melhor todos os personagens.
    Adorei a resenha.

    beijos,
    @adri_brust
    http://stolenights.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Eu estava muito curiosa para ler esse livro, só desanimada com a capa. Essa misutra romance com policial parecia boa, mas não sei desanimei com o pouco foco da investigação. Tudo bem que a parte de bons personagens formando a história me anima, vamos ver quem sabe eu ganho o kit. Sua resenha esclareceu minhas poucas duvidas, mas fiquei mais indecisa ainda. Ótima resenha! Beijo!

    ResponderExcluir
  9. Eu estou participando de algumas promoções com esse livro apesar de não gostar da capa. Pelo que entendi o romance é mais leve e gosto disso. Não curto certas cenas em livros se é que me entende. rs. Acho válido livros que falam de amizade de forma diferente e misturar com investigação parece bom. =)

    ResponderExcluir
  10. Estou pesando em ler, mas essa capa desanima...

    ResponderExcluir
  11. Interessante a resenha, gostei bastante. A capa é bem desanimadora, mas a história é muito interessante mesmo
    também aproveito para dizer que andei meio sumido por aqui... sempre comentava, mas parei de usar meu computador por um tempo e daí foi ficando pra trás... de vez até que vi q quantidade de e-mails que vieram, e voltei. Só esclarecendo isso, já estou voltando a escrever uns comentários.

    ResponderExcluir
  12. Agora lendo a sua resenha, fiquei realmente interessada pelo livro desde o seu lançamento pela primeira vez. Realmente, essa capa desanima DEMAIS. E aposto que todo mundo deve dizer ou comparar por aí, mas vou dizer de novo: não consegui ler a sinopse e o resumo do livro sem ligar a Pretty Little Liars HAHAHA

    ResponderExcluir
  13. Adorei sua resenha, fiquei interessada!
    Ja vi muitas resenhas sobre esse livro,e a maioria foi positiva.
    A capa eu gostei TANTO que acho um absurdo dizer que é desanimadora hahahaha
    bjjs !

    ResponderExcluir
  14. Oi...

    Acabei de ganhar esse livro, e já estou louca para ler ele, mas ele vai ter que entrar na fila de leituras, mas ele vai furar a fila...

    ResponderExcluir
  15. Quero bastante ler esse livro. Gosto de tramas que se baseiem nos personagens e em suas histórias, por isso acho que vou gostar dessa.

    Thais Vianna
    @dathais

    ResponderExcluir
  16. A capa de início nao me chamou muito atenção qdo esse livro lançou, mas ao ler as resenhas, acabei me interessando. Todo esse mistério em volta da morte da amiga, toda a acusação contra a menina tem tudo pra ser uma ótima estória.

    ResponderExcluir
  17. Oi Yasmin
    Amei esse livro!
    Quando comprei este livro fiquei um pouco alarmada, pois geralmente romances “água com açúcar” não me animam muito. Porém não se deixem enganar pela capa! O livro é uma combinação de coisas que dão certo e que atraem: uma forte amizade, um complicado mistério envolvendo amores impossíveis, e uma pitadinha de ironia. É uma mistura muito bem dosada de gêneros, onde o mistério acerca da morte de uma adolescente ocasionada muitos anos no passado é o principal assunto a ser desvendado.
    O romance do livro é adorável nos fazendo grudar os olhos nas páginas.
    A forma como a autora criou conflitos e dramas conseguindo solucionar todos eles ao decorrer da leitura é outro ponto interessante. A narrativa é tão gostosa e fluida que não conseguimos parar de ler até que todo o mistério seja solucionado.
    Tudo o que Ela Sempre Quis é uma delícia de livro. É exatamente aquela leitura que diverte, entretém e prende a atenção do leitor. A leitura é bem leve, o final me agradou bastante. Então para quem gosta de ler um suspense bem escrito, sem sofrer horrores, fica a dica! A autora Barbara Freethy cativa sem apelação.
    Bjus

    ResponderExcluir
  18. Achei esse livro muito bom. Eu o li em apenas um dia, pois estava querendo saber logo o que iria acontecer e como as coisas iriam se desenrolar, principalmente que era o rsponsável por tudo. Amei.

    ResponderExcluir
  19. É um livro interessante, porém não leria outra vez. A trama é boa e a leitura é rápida, mas nenhuma das personagens conseguiu me cativar e em alguns momentos senti falta de mais ação. Acho que estava com expectativas altas demais, não sei.

    ResponderExcluir

Respeito é bom e eu gosto.
Não use palavras grosseiras, seja educado.
O blog é um lugar amigável, aja de acordo.