28/05/2012

Resenha - Runas


Nome: Runas
No Original: Runemarks
Autor (a): Joanne Harris
Páginas: 480
Editora: Rocco
Comprar: Submarino - Siciliano - Saraiva - Cultura
Sinopse: Maddy Smith, órfã de mãe e irmã da garota mais popular da pacata aldeia de Malbry, a rebelde Maddy é considerada a "ovelha negra" da família. Num lugar onde não é permitido sonhar ou contar histórias, Maddy é uma garota cheia de imaginação que possui um estranho sinal cor de ferrugem na palma da mão. Os habitantes de Malbry sabem se tratar de uma marca de ruína, ou Ruína da Bruxa, como dizem os mais velhos, embora prefiram não falar sobre isso, bem como sobre qualquer assunto curioso, estranho ou de algum modo "anormal". Por isso, qualquer travessura dos goblins - também conhecidos como Bom Povo ou Faërie - é um serviço para Maddy. Os cidadãos de Malbry não ousam falar sobre aquelas criaturas vindas de debaixo da colina; tampouco admitem que eles existam, embora os danadinhos andassem aprontando cada vez mais, especialmente no porão da taverna Sete Adormecidos. A sra. Scattergood jura que são ratos que andam fazendo aquela bagunça e bebendo suas cervejas, mas Maddy Smith - e no fundo todos os habitantes da aldeia - sabem que não se trata de simples ratos. Assim, a garota descobre um estranho talento para se comunicar com as criaturas mágicas, embora todo o povo da aldeia de Malbry jure que todas as formas de encantamento tenham sido extintas há muitos séculos. Mas para viver de verdade o seu raro dom e lapidá-lo, Maddy precisa aprender com o misterioso viajante Um Olho o poder das Runas da Antiga Escrita, símbolos sagrados ancestrais repletos de significados e capazes de proezas inimagináveis. Uma deliciosa viagem pelo universo das antigas lendas nórdicas, com seus deuses, goblins, guerreiros e outras criaturas mágicas.

Assim que li a sinopse desse livro no catálogo da editora Rocco fiquei interessada. Bastou às palavras "runas, goblins, nórdicas e deuses" aparecerem para minha urgência em ler o livro aumentar. Sou apaixonada com fantasia, mais ainda com tudo quanto é história que tenha referência ou que venha diretamente da mitologia nórdica. Não acreditei quando encontrei um livro que parecia falar um pouco desse assunto. O grande “porém” era o medo de encontrar mais um livro de mágica, criaturas mágicas e só. Por esse motivo quase caí dura quando descobri o real enredo de Runas. Joanne Harris foi muito feliz ao investir nesse tema. E ainda por cima consegui comprar o livro por um preço inacreditável.

Maddy Smith é tratada como uma aberração desde que nasceu por causa da runa impressa na mão direita. Por causa da Runa ela foi tratada como diferente e a cada pessoa que olhava torto para Maddy ela ficava ainda mais rebelde. Abominando o comum e a chamada Ordem. Sempre deixada de lado e sempre culpada de qualquer problema que acontecesse. O pároco Nat Parson tem verdadeiro pavor da menina e sonha com o dia em que vai prendê-la. Maddy até os sete anos desconhecia as runas e qualquer história sobre aquela estranha marca e seu poder. Ela sabia que era diferente e que podia fazer coisas que as outras pessoas não entenderiam. Porém jamais havia sonhado com algo além entender os goblins até o dia que conheceu Um Olho.

O estranho andarilho despertou a atenção de Maddy porque apesar de sua aparência velha e cansada ele irradiava cores vivas, fortes como em uma pessoa nova. Desde então Um Olho concordou em ensinar tudo o que podia a Maddy. Sobre a Antiga Era, as Runas, seus poderes e seus deuses. Ele contou histórias sobre Asgard, a cidadela dos deuses, sobre o Ragnarök, que foi o fim do Mundo e o nascimento na nova era, dos novos conceitos e da Ordem. Maddy não sabia se existiam outras pessoas como ela e Um Olho. Sempre sonhou com o dia que finalmente adentrariam na montanha em busca do tesouro perdido da Antiga Era, mas não contava com o que estava por vir. Em uma sucessão de acontecimentos inacreditáveis Maddy se vê no centro de uma trama entre deuses antigos, a Ordem e um oráculo muito egocêntrico e mentiroso. Em pouco tempo tem que lidar com sua verdadeira identidade, com as verdades que Um Olho ocultou dela por todos esses anos e com as consequências que a libertação do oráculo e a entrada no mundo abaixo da colina vão trazer.

Uma recriação original, instigante e inteligente da mitologia nórdica. Nunca pensei que aprenderia mais sobre mitologia nórdica com outro autor se não Rick Riordan. Podia jurar que só encontraria tamanha destreza em adaptar toda uma gama de seres mitológicos nos livros dele. Aliás, ele prometeu uma série com mitologia nórdica, mas acabei encontrando tudo e mais um pouco na história narrada por Joanne Harris. Fascinante, simples assim. Temos Aesir e Vanir, temos Loki, Odin, Thor, Skadi e os noves mundos na árvore Yggdrasil. O mundo abaixo, o mundo dos sonhos,  Hel, o mundo inferior e mundo além onde reina o Caos. Quase todas as partes da mitologia nórdica foram citadas e ganharam um novo papel na trama criada. A virada que a história sofre nos capítulos finais é surpreendente. Estava desconfiada de algumas coisas, mas nada que se compare ao que aconteceu no final.

Pesquisei bastante depois que terminei a leitura e achei mais interessante ainda vendo que as possibilidades que a autora destrinchou no livro são plausíveis. Para você que sempre gostou de mitologias, mas ainda não teve chance de ler de forma leve e atual sobre a nórdica, recomendo que comece por Runas. Me apaixonei por Loki, aliás fazia algum tempo já que não me apaixonava assim por um personagem. Ele tem tudo que um bom personagem precisa e em dobro. Os personagens são todos bem descritos e bem construídos. E o principal: detalhes importantes são passados de maneira fluida, sem enrolações e sem deixar a narração carregada.

Leitura rápida, agradável e que expande os conhecimentos de quem lê. Por esses motivos ele entrou para minha curta lista de favoritos. Estou bem ansiosa para ler o próximo volume da série. Nunca tinha lido nada da autora e me surpreendi com uma história muito bem elaborada. A edição da Rocco está perfeita. A diagramação do livro é muito boa, e os detalhes em cada página ficaram bonitos. Os mapas e o índice de runas no início do livro foram ótimos para entrar na história melhor. Sem erros e com uma fonte agradável. Livro mais do que recomendado para os que gostam de mitologia e fantasia. Uma fantasia madura, criativa e diferente. Os vários elementos da mitologia nórdica permitiram uma história mais completa. E se você não liga ou não curte mitologia pode ler apenas pela fantasia. A magia, os seres e os mundos. Muito recomendado. Pena que ainda não tem previsão de lançamento do próximo livro... Até mais!

Runemarks - Joanne Harris
1- Runas
2- Luz das Runas
3- Sem Título Ainda

17 comentários:

  1. Cássia Oliveira29 de maio de 2012 02:01

    Apesar da capa linda, não dava nada pelo livro! Mas gostei do que li na resenha, especialmente de "expande os conhecimentos de quem lê"! Só acho uma pena ser trilogia, ando sentindo falta de livros "solos", de escritores que consigam construir uma história em um só volume!

    ResponderExcluir
  2. Eu sempre tive um pé atras com livros de magia, mas esse me chamou muito a atenção.
    Vai para minha lista no SKOOB.

    ResponderExcluir
  3. Me interessei pelo livro, primeiro, sempre gostei de mitologia, não sei sobre todas elas, mas o assunto sempre me chamou a atenção, e segundo, expande os conhecimentos de quem lê, admiro muito isso em um livro. E claro a resenha me deixou com uma put* vontade de ler.

    ResponderExcluir
  4. Pela sua resenha deu pra ver que é bem interessante. Tô querendo me aprofundar na mitologia nórdica pra poder ler Deuses Americanos, então quem sabe.

    ResponderExcluir
  5. eu achei muito legal asua resenha e vou procurar mais sobre o livro,achei bem legal,

    ResponderExcluir
  6. Adorei sua resenha. Gosto muito de mitologia nórdica. E um livro que fale só sobre isso, parece ser bem legal. Vou saber mais sobre o livro.
    Abraços, até mais !

    ResponderExcluir
  7. Nunca tinha ouvido falar nesse livro. Pela sua resenha parece muito bom!! Nunca li nada sobre mitologia nórdica, não sou uma grande fã de mitologia, mas aprecio bastante. E adoro fantasia!
    Dessa autora tenho o Chocolat. Mas esse vai ter que esperar, pq andei comprando muuuitos livros ultimamente...
    Parabéns pelo seu blog, além de as resenhas serem muito boas (por serem críticas em todos os aspectos do livro, e quando vc elogia bastante dá muita vontade de ler) vc fala de muitos livros que não são só os lançamentos e best-sellers!

    ResponderExcluir
  8. Gostei da resenha, mas não é um livro que me interesse no momento. Na verdade, tô numa fase estranha pra livros... Mas a dica tá anotada.

    ResponderExcluir
  9. Adorei! Desde que li Rick Riordan que fiquei interessada por tudo que tem mitologia. E nórdica eu ainda não li nada. Só conheço um pouco de ver falar do Thor de Avengers. :D Ótima resenha! Beijo!

    ResponderExcluir
  10. Olha, adorei o tema do livro, embora eu não seja a maior fã dessa linha de fantasia! A mitologia nórdica é interessantíssima e fiquei curiosa para saber como é trabalhada no livro.

    ResponderExcluir
  11. Que legal! Achei que seria uma história bem rasa, mas pelo visto, é bem elaborada, pois o assunto requer muito conhecimento! Otima resenha ;)

    abraços!

    ResponderExcluir
  12. Hummm...mitologia nórdica!!! Sinto que curtirei a Maddy, mas precisarei de tempo para assimilar todo a elaboração...hehe

    ResponderExcluir
  13. Adoro mitologia e fantasia, rsrs..Recomendadíssimo para mim.

    Gostei da capa e achei a história bem interessante. A Maddy me parece diva *-*

    Quero ler.

    Thais Vianna
    @dathais

    ResponderExcluir
  14. Adoro mitologia nórdica, principalmente porque tem os elfos, e os nove mundos e tal, e claro porque adoro Loki, na maioria das versões que já ouvi, principalmente nos filmes. Parece uma história ótima e com uma heroína demais. Fiquei curiosa para conferir ainda mais agora que tá saindo o livro dois. Ótima resenha, bjs!

    ResponderExcluir
  15. Gosto bastante de conhecer mitologias novas e com o livro dois saindo fiquei curiosa. Nunca tinha lido resenha do livro e adorei tudo o que disse. Sempre achei runas fascinante e ver no livro vai ser ótimo, conhecer mais. Espero ler em breve. Adorei a resenha, beijo para ti.

    ResponderExcluir
  16. Realmente a capa é linda. Eu não conhecia o livro, aliás, nem sabai da série. Gostei do que li na resenha e pretendo ler o livro.

    ResponderExcluir
  17. Me interessei bastante pelo livro.
    A resenha está perfeita! Além do mais, parece ser uma mitologia bem diferente e interessante.

    ResponderExcluir

Respeito é bom e eu gosto.
Não use palavras grosseiras, seja educado.
O blog é um lugar amigável, aja de acordo.